QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO

   

      Carol Cruz é uma psicóloga que trabalha com empresas buscando QVT que propicia a efetividade organizacional, auxiliando a redução de indicadores negativos como erros, retrabalhos, perda de material, avaria de equipamentos, decaída de produtividade e perda de qualidade nos serviços prestados. Para os empregados um programa de QVT é importante a fim de promover satisfação no trabalho e gerar promoção de autoestima, colaborando para diminuir padrões negativos como faltas, acidentes, doenças advindas do trabalho, licenças-saúde e aposentadorias prematuras. Já para os clientes a QVT contribui para a execução da cidadania, diminuindo os indicadores negativos como queixas, reclamações e insatisfações.

   Saúde e bem-estar no local de trabalho podem exercer grande influência sobre a motivação, permanência, criatividade e produtividade dos colaboradores, além do desempenho financeiro da organização como um todo.

   Investir na qualidade de vida do funcionário intensifica a produtividade da empresa, pois a produtividade está de modo direto associada com o bem-estar dos funcionários. Assim para conservar os funcionários produzindo, vale-se quase tudo como: palestras, exercícios de alongamento, sessões de massagem, treinamentos, encontros dinâmicos. Reestruturar e reorganizar as formas de trabalho também é uma boa contribuição, onde voltar o olhar para o lado humano e pessoal do funcionado propicia que este se sinta parte da empresa e sinta mais prazer em estar ali, o que consequentemente colabora para a qualidade de vida e a produção deste - “O efeito é em longo prazo e estas iniciativas melhoram o relacionamento entre os funcionários”.

Fonte Paula (2016) e Administradores (2009/2010)